terça-feira, 25 de junho de 2002

Entender

Ah, as intempéries do amor!
O friozinho na barriga, o tremor, o receio, a expectativa de arriscar tudo em uma declaração. Tudo isso faz parte da vida de uma pessoa apaixonada. E o não também, na maioria das vezes. Vai Entender...

Agora, o poema está à disposição no Literatura Errante. No Verso Errante.

quarta-feira, 19 de junho de 2002

Como

Amar sem ser correspondido. Quem nunca?

Ainda bem que o artista tem na arte seu escape, seu desabafo. Como melhor definir o poema Como? Escrever o que sente dá forma ao sentimento, permite conhecê-lo, permite compreendê-lo, e, desta rica experiência, aprender a lidar com ele.

Agora, o poema está à disposição no Literatura Errante. No Verso Errante.

sexta-feira, 3 de maio de 2002

As Pessoa

Romper é preciso. Renovar, recriar. Sair das regras, para contestar.

Nesse espírito contestador, As Pessoa usa a limitação vocabular e ortográfica que abundava em volta de seu autor, e contesta as condições de vida da maioria da população que, naquela época, passava fome e não tinha qualquer acesso à saúde ou à educação.

Agora, o poema está à disposição no Literatura Errante. No Verso Errante.