sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Nossa Doce Harmonia

Sonhos sonhados à noite nos enganam até acordarmos. Sonhos sonhados enquanto despertos nos deliciam, enquanto deles desfrutamos. Fantasiar pode ser tão excitante quanto viver - ou até mais. Assim, desperto ou em sono profundo, rostos e corpos povoam a mente do poeta, exortando-o a compor poemas como Nossa Doce Harmonia.

Agora, o poema está à disposição no Literatura Errante. No Verso Errante.