quarta-feira, 25 de maio de 2011

Quase-soneto pra ti

Pequenas paixões povoam a vida do poeta. Muitas, jamais ultrapassam o nível de paixão unilateral, aquela coisa platônica, sabe? Por isso, compus um Quase-soneto pra ti.

Agora, o poema está à disposição no Literatura Errante. No Verso Errante.