quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

A Caneta e o Poeta

Mais um breve momento de metalinguagem. O poeta fala do ofício de escrever, de sua conflituosa relação com a caneta, que tem vida própria. A Caneta e o Poeta é um poema de um poeta apaixonado pelo seu ofício. Como não o seria?

Agora, o poema está à disposição no Literatura Errante. No Verso Errante.